Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Patrinidade ou a odisseia de um tripai

Ser pai é a melhor experiência do mundo, imaginem ser pai de três, e logo de três rapazes! Este espaço vai ser dedicado às minhas peripécias como pai e à aventura mais alucinante que se pode imaginar...

Patrinidade ou a odisseia de um tripai

Ser pai é a melhor experiência do mundo, imaginem ser pai de três, e logo de três rapazes! Este espaço vai ser dedicado às minhas peripécias como pai e à aventura mais alucinante que se pode imaginar...

Aqui quem manda sou eu

20161127_085549.jpg

O Guilherme é um rapaz de convicções, isso é certo. Em termos de persistência (palavra simpática para descrever uma teimosia sem igual) não há quem o bata. A última pancada, perdão, a mais recente convicção dele é, e passo a citar, "no meu corpo sou eu que mando"...

Não sabemos bem de onde vem esta dissertação, se é porque o rapaz acha que só deve comer o que lhe apetece ou se isto está relacionado com qualquer outra coisa. Tentámos peceber onde foi buscar esta ideia, ao que nos explicou que não ouviu isto em lado nenhum, simplesmente, e volto a citar, "pus-me a pensar e esta ideia veio do meu cérebro"...

Tá giro...

DIZZZZZZ

Eu adoro ouvir a vozinha dos meus filhos pela manhã. Admiro a sua capacidade para acordarem com as baterias recarregadas, quando na minha cabeça imagino que o despertador toca apenas cinco minutos depois da última vez que os consegui finalmente adormecer e deitei, por fim, a cabeça na minha almofada...

Gostava de ter a mesma capacidade, adorava acordar sem ter a sensação que dormi, no máximo, uns 20 minutos, por noite, nas últimas três semanas (passo o exagero). Gostava de acordar e de não ter uma dor de cabeça daquelas que o mínimo "olá" não ecoe no meu cérebro como se das garras do Freddy Krueger a arranhar uma parede se tratasse...

Ainda hoje, na primeira viagem a caminho de casa dos avós, o Martinho lá ia na sua converseta:

 - Pai!!!!

 - Sim, filho...

 - Patati patata, etc, etc, etc (isto vezes 5)

À sexta vez...

 - Pai!!!!

 - Epá, tu és tão chato, é que não te calas um minuto, e *#%$#&*, e por aí adiante... DIZ?!!!!!

 - Olá... (com um sorriso de orelha a orelha que se vê mesmo sem tirar os olhos da estrada para olhar para trás...

E dormir, não?

Percebemos que estamos nas lonas quando nos levantamos, fazemos todas as rotinas diárias, saímos com os dois mais novos para os deixar em casa dos avós porque estão doentes, chegamos ao destino e percebemos que os medicamentos ficaram em casa... Toca a voltar para trás... Pelo menos, meia hora depois a CRIL faz-se muito melhor...

Desta vez foram os medicamentos, espero não chegar lá amanhã e perceber que só levo o saco e deixei outras "coisas" mais importantes em casa...

Nojo? O que é isso

Desabafo do dia:

Se acham que aqueles guardas à porta dos palácios, que não se podem mexer, estão a fazer um grande esforço por não se mexerem quando chove, ou quando um cão os incomoda, o que dizer de aguentar estoicamente com o nosso filho ao colo enquanto vomita toda a sopa, ainda quente, por nós abaixo, sem me mexer um milímetro?...